quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Resposta a Paulo Ghiraldelli: A democracia funciona sem deus

Por Daniel Lopes, do blog Bacaroço www.bacaroco.org


Por muito tempo admirei o trabalho do Professor Paulo Ghiraldelli. Estudante de Filosofia que sou, por opção, por prazer, por apreciar o conhecimento; decidi que seria meu próximo curso, depois de Direito. Assim, realizaria meu sonho de ser Professor.

Firme em meus posicionamentos, desde o tempo de minha primeira fase no movimento estudantil, jamais abandonei minhas convicções de esquerda, respeitando à democracia. Respeitando, sobretudo, àqueles que discordavam de minhas posições.

Pois bem, ao questioná-lo, no twitter, o Professor Paulo Ghiraldelli, filósofo, mestre e doutor, frente às suas “denúncias” contra o jornalista Luis Nassif, dizendo ter sido “comprado” pelo PT, chamando-o de “ladrão”, pedi que apresentasse provas, bem como, dissesse em quem seria seu voto para Presidente, e obtive como respostas:

1) ghiraldelli @daniellopes13 vocês petistas são bandidos mesmo! O cara foi denunciado e provado, tem Cia fantasma. Deixe de ser filho da puta!
2) ghiraldelli @daniellopes13 é necessário mais provas contra Nassif, você não lê jornal não? Ah, esqueci que muitos petistas jovens são analfabetos.
3) ghiraldelli @daniellopes13 cala boa idiota, você é um petista e faz parte do grupo de bandidos ou de burros
4) ghiraldelli@daniellopes13 vá moleque burro, só de ser petista já mostra que é um tonto, cai fora

Após demonstrar preconceito de classe em suas afirmações ofensivas contra minha pessoa, para minha surpresa, Luis Nassif acompanhava a discussão e me respondeu:
luisnassif @daniellopes13 Ele vai poder provar em juizo. Já gravei os comentários.”

Depois disso, o Professor parou de me ofender, sem responder qual seria seu voto para Presidente da República.

Hoje, em seu site, publica texto “A democracia funciona sem deus” e, de maneira mais respeitosa, como que um resvalo de retratação, denuncia que Nassif recebe “55 mil reais por mês do governo federal, do PT”. E que isso ocorreu sem licitação, embora legal, referindo-se como não sendo uma “justificativa honesta”.
A expressão “ladrão” virou “imoral”, “moleque burro; petistas analfabetos e filho da puta” virou “caras de pau” e a pergunta relativa a sua opção de voto: “elas (as pessoas) não estão interessadas na prática honesta… querem saber em quem eu voto para, então, procurar defeito no que seria o meu candidato (…)”.

Quando questionei o Professor Ghiraldelli sobre qual seria a tipificação do crime, tendo em vista ser esse tipo de contratação legal, fui chamado de “analfabeto, filho da puta e burro”.

A democracia liberal prevê tais abordagens, Professor?

Qual a relação entre saber seu voto e não ter interesse em práticas honestas?

O senhor chamou Luis Nassif de “ladrão”, os petistas de analfabetos… É assim que se constrói a democracia liberal em nosso país?

A democracia é feita sem deus. Assim como não podemos nos sentir deus.

Deus me livre desse deus!

PS:
Texto: “A democracia funciona sem deus”

9 comentários:

Anderson Oliveira disse...

Aff...

A torcida organizada no Brasil é deplorável.

Esse senhor Ghiraldelli não precisava atacar o jovem petista - com quem, aliás, debati tempos atrás por e-mail - para provar o que todas as pessoas de bom-senso sabem: o Nassif executa trabalhos para o governo e o PT.

Algum tempo atrás conversei com um amigo recém-formado em jornalismo e leitor de Nassif. Perguntei o que ele achava deste jornalista. Ele respondeu que gostava bastante dele, no entanto, uma professora (em quem confiava) lhe disse algo que muitos já sabiam: ele usava sua boa posição (jornalista de economia de maior renome na grande imprensa) para fazer especulação financeira. Eu não duvido.

Ainda o leio, pois, às vezes, ele faz boas análises. Mas não confio.

Anderson Oliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Lopes disse...

Obrigado pela solidariedade, companheiro!

hamatos disse...

Este Guiraldelli parece querer isso: polêmica, para vender seus livros e nomes. Hoje fui vítima de seu preconceito e infelicidade. Ele gosta de se adjetivar: O filósofo de São Paulo...
http://hamatos.wordpress.com/2011/02/24/fui-agredido-pelo-o-filsofo-de-so-paulo-paulo-ghiraldelli-jr/

Janaina disse...

Não sei ao certo como esse indivíduo passou a fazer parte de meus amigos no Facebook. O fato é que me deparei com uma comparação esdrúxula disendo que hittler dizia respeitar as pessoas, no entanto era assassino. Fiquei pensando, que absurdo de compara,cão é essa. Passei a observar melhor e ver que ele tinha uma forma grotesca e agressiva em seus dizeres. Um belo exemplo de que EDUCAÇAO e formação educacional não são a mesma coisa, tendo em vista que ele fez graduação, pos, mestrado, etc.

Após ele ter postado uma charme onde o cartunista Laerte se transformava NA SUPER LAERTE, que a meu entender foi uma brincadeira preconceituosa, e após ter dito minha opinião, o tempo fechou. Fui agredida aleatoriamente, chamada de burra, etc, etc, etc.

Fico pensando: Como alguém que se diz filosofo e inteligente pode ser tão incapaz de aceitar divergências? Opiniões contraria servem inclusive para treinarmos nossa argumentação. O digníssimo " DOUTOR " é incapaz de discutir sem usar de ofensas e palavras de baixo escalão. E ele ainda leciona em universidade. Por isso que a educaçao desse pais ta desse jeito...aff... Coitado de quem tiver o desprazer de ser seu aluno.

Janaina disse...

Correção: dizendo e não disendo.

Janaina disse...

Charge ao invés de charme

Thiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago disse...

Enquanto alguém que acompanha(va) o blog do Ghiraldelli, sempre admirando seu trabalho embora nem sempre concordando com suas opiniões, já havia reparado que ele gostava de dar umas patadas mesmo, muitas vezes sem a menor necessidade. Eis que ontem, após o jogo São Paulo x Corintinhans, Paulo postou um comentário absolutamente exagerado, dizendo que a classificação corinthiano foi um roubo, uma vergonha, e que a torcida do Corinthians deveria estar presa com aqueles 12 da Bolívia. De maneira brincalhona, absolutamente de boa-fé, brinquei com ele: "rsrsrsrs você é filósofo, mas mau perdedor", com direito a emoticom piscando o olho. E o cara me esculhambou, me chamando de ignorante e de alguém que apóia vitórias desonestas, bla´bla´bla´...sendo que eu disse a ele que SEQUER SOU TORCEDOR DE CORINTHIANS OU QUALQUER TIME DE SÃO PAULO, apenas comentei de maneira neutra que na situação vista como ele como vergonhosa o juiz tinha acertado - Rogério, goleiro do S.Paulo, adiantou-se flagrantemente numa cobrança de pênalti. E aí o Ghiraldelli me excluiu do facebook dele dizendo que não dava bola para pessoas "com esse tipo de cabeça igual a sua". Ainda contra argumentei, observando que ele estava superdimensionando a situação e que não estava contra fair-play nenhum, nem a favor de time nenhum. Enfim, senti na pele uma das diversas patadas que eu já tinha testemunhado no blog dele, e vi que, de fato, ele podia ser grosseiro gratuitamente. Uma decepção, e bastante contraditório para alguém que se gaba de ser ético e inteligente.